Acompanhar o preço dos combustíveis é uma árdua tarefa. Oscilações constantes e as incertezas do mercado variam demais as cifras. Mas afinal, onde acompanhar o preço do óleo diesel?

“Qual o preço do óleo diesel?”. Para responder a uma pergunta como esta, é sempre necessário recorrer a boas fontes. Quem acompanha sabe que os combustíveis sofrerem variações constantes em seus valores.

A propósito, nos últimos dias de 2020, precisamente no dia 29 de dezembro, a Petrobras reajustou em 5% o valor da gasolina e em 4% o óleo diesel S10 e S500. Assim, o preço médio da gasolina vendida para as distribuidoras aumentou R$ 0,09, passando a custar R$ 1,84 por litro. No acumulado do ano, houve uma redução de 4,1% no preço deste combustível.

Durante 2020, foram realizados 41 reajustes no valor da gasolina. Deste total, 20 aumentos e 21 reduções. Por outro lado, no que diz respeito ao óleo diesel, o valor para as distribuidoras subiu R$ 0,08, chegando a R$ 2,02 por litro. Com isso, o diesel acumula queda de 31,2% no ano. Foram 32 reajustes: 17 aumentos e 15 reduções.

Já iniciamos o artigo com estes dados que confirmam as oscilações constantes. Ainda que 2020 tenha sido um ano atípico, em todos os sentidos,  os valores sofreram demasiadas alterações. E na hora de acompanhar este vaivém, é muito fácil se perder.

Por isso, no artigo de hoje, a gente ajuda você a responder questões como “qual o preço do óleo diesel?” ou “onde posso acompanhar histórico e alterações dos valores dos combustíveis?”. Boa leitura!

Você vai ficar sabendo neste artigo:

  • O óleo diesel no Brasil
  • O que determina o preço do óleo diesel?
  • Onde acompanhar o preço do óleo diesel?
  • A pandemia impactou no preço do óleo diesel
  • Tendências para o preço do óleo diesel

O óleo diesel no Brasil

No Brasil, o consumo de diesel automotivo destina-se ao setores agrícola e de transportes rodoviários, ambos de extrema importância para a economia. Este combustível pode ser produzido pela Petrobras, por refinadores, por centrais petroquímicas particulares ou importados por empresas autorizadas.

O mercado de óleo diesel é no país regulamentado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e pela Lei Federal 9.478/97 (Lei do Petróleo). Desde 2002, as importações do óleo diesel podem ocorrer normalmente. Já o valor é determinado pelo próprio mercado. Veja a seguir mais informações a respeito do preço do óleo diesel.

O que determina o preço do óleo diesel?

Você pode ter olhado para os números que expusemos no início deste artigo e pensar: “mas por que nas bombas ou TRR’s o preço do óleo diesel é mais elevado?”. A resposta é simples!

A diferença se dá em razão da própria cadeia de distribuição dos combustíveis. Tanto distribuidoras quanto postos precisam acrescer os custos dos valores referentes aos seus serviços, além da margem de lucro.

Contudo, de acordo com informações da Petrobras, assim é a composição de preços do óleo diesel S10 ao consumidor, nas principais capitais brasileiras:

  • 14% Distribuição e Revenda (estimativa)
  • 16% Custo do Biodiesel
  • 14% ICMS
  • 9% CIDE e PIS/PASEP e COFINS
  • 47% Realização Petrobras

Desde janeiro de 2008, todo óleo diesel automotivo comercializado no Brasil deve ser misturado com biodiesel, um combustível renovável produzido por usinas a partir de óleos vegetais ou gorduras animais. Esta é uma medida obrigatória estabelecida pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

Por sua vez, as distribuidoras revendem o óleo diesel já na mistura com biodiesel aos postos e aos transportadores revendedores retalhistas (TRR’s) – a exemplo do Centenário Diesel. Na cadeia de comercialização, estes últimos são os responsáveis por revender a grandes consumidores que não contam com estrutura própria, de modo que a entrega ocorre diretamente ao cliente.

De uma maneira simplificada, o preço do óleo diesel praticado pela Petrobras aos distribuidores é representado pela soma de duas variantes: a parcela valor do produto Petrobras e a parcela tributos, cobrados pelos estados (ICMS1) e pela União (CIDE2, PIS/PASEP3 e Cofins4).

Onde acompanhar o preço do óleo diesel?

Uma vez entendida a cadeia de formação do preço do óleo diesel, formada por muitas parcelas, fica mais fácil entender que diante de alterações em uma delas, haverá reflexos. Estas consequências podem ser para mais ou para menos no preço que o consumidor pagará.

Desta forma, a melhor maneira de acompanhar as oscilações é indo direto à fonte. O site da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) tem um sistema de levantamento de preços. Clique aqui para acessar. Nele, é possível verificar uma síntese dos valores praticados pelas distribuidoras, inclusive filtrando por estados e municípios brasileiros.

Outra fonte de pesquisa atualizada é o próprio site da Petrobras, especificamente neste link, fazendo o download das tabelas por combustíveis. Os levantamentos também segmentam por estados.

Também é interessante saber que o site da ANP atualiza constantemente sua página com o histórico dos preços dos combustíveis, alguns desde 2004. Para quem necessita parametrizar, é uma ótima fonte. Acesse aqui.

A pandemia impactou no preço do óleo diesel

A pandemia do novo Coronavírus impactou na vida de todos nós. Perda de empregos, reconfiguração das escolas e empresas e uma crise econômica sem precedentes.

No que tange aos combustíveis, não foi diferente. A COVID-19 também impactou no preço da energia. Os valores variaram a cada estado. Enquanto houve aumento em alguns, outros apresentaram queda nos valores.

No Rio Grande do Sul, de acordo com levantamento do GaúchaZH com dados do TX Fuel, no auge da pandemia – por volta de maio/2020, a gasolina sofreu queda de 12,6%. O óleo diesel mais barato estava na cidade de Lajeado, com litro a R$ 2,649. Em contrapartida, o mais caro era o da cidade de Bagé (R$ 3,521).

Tendências para o preço do óleo diesel

O futuro do motor a diesel já foi tema de outra postagem aqui no blog do Centenário. Os próximos anos do motor a diesel são motivo de polêmica. Afinal, o que o futuro reserva a este combustível?

A Agência Internacional de Energia (AIE) prevê uma demanda de petróleo em 2021 muito inferior, em decorrência dos problemas na aviação, de acordo com dados publicados recentemente.

Entretanto, embora existam certas projeções quanto ao futuro do preço do óleo diesel e dos demais combustíveis, tratam-se apenas de previsões. Um ambiente impactado por tamanhas variáveis sempre terá um prognóstico incerto.

Centenário Diesel: você pede, a gente abastece

Contar com um parceiro certificado para o seu óleo diesel é fundamental. Por isso, faça seu orçamento conosco. Estamos desde 1982 no mercado, revendendo óleo diesel (BS-500; BS-500 aditivados; S-10; S-10 aditivados e marítimo) e Arla 32. Contate-nos: 51 3031-3633 (matriz).

preço-do-oleo-diesel